Atualizando…

Nas últimas semanas participei da Meia Maratona de Guarujá e não fui muito bem. Fiz 1:42′. Quebrei os últimos 4 km. Eu sinceramente esperava bem mais que isso.

Após esse fiasco, pude dar uma atenção maior para uma antiga paixão: a Natação.

Participei de 3 competições (pequenas), 2 com meus filhos (revezamento) e 1 sozinho. Bom… sigo invicto com 2 vitórias e 1 empate (discutível… rs).


Até a próxima!

(Controle de perda de Peso: 91 kg => 89 kg)

Anúncios

No ponto mais alto do pódio!!!

Olá, galera ofegante! Ótimas notícias: finalmente consegui chegar em primeiro lugar na minha categoria (M3539). É uma sensação maravilhosa ver o nome sendo anunciado no microfone: “… e o grande campeão da categoria, Kleber Neves dos Santos Sant’Ana”. Gostei muito e quero sentir isso mais vezes!

Depois de uma participação ruim na última corrida de 7 km que participei pelo Circuito de Corridas de Riviera (em 10/09) quando fiz um tempo de 29′ 50”, eu estava realmente mordido e com vontade de fazer um bom resultado na Guarujá Day Run deste domingo (17/09), na Base Aérea de Santos. E tinha um motivo a mais para isso: essa prova premiaria os 3 primeiros colocados em cada categoria tanto nos 5 km quanto nos 10 km. 

Eu já estava cansado de correr para 4′ 13” de média e vim decidido a baixar de 4′ 10”. Dormi bem na noite anterior e não deu outra. Fechei os 5,1 km da prova em ótimos 20′ 45” com boa média de 4′ 04”. Algo até inesperado, já que eu voltara aos treinos de natação na sexta-feira depois de 17 aos longe das piscinas.

E para minha surpresa maior, fiquei atônito ao ver que meu nome constava no 1º lugara da minha categoria. Até demorei um pouco para achar, pois eu geralmente procuro mais para baixo… kkkkkkkkkkkkkkkkkk.

Seguem as parciais:

Só tenho a agradecer a Deus, à minha família e ao nosso Treinador, Paulo Vitor Cardoso, da equipe Superação Assessoria Esportiva Guarujá. Apesar de estar bem acima do peso, a evolução nos tempos já é nítida.

Bom… agora o foco é todo para a meia-maratona do Guarujá, que ocorre no próximo domingo. Estive me preparando para essa prova durante quase 2 meses. Espero também fazer um bom resultado.

E vem mais novidade por aí: vão começar a competições de Natação Master. Esperem por notícias e muito mais novidades.

Valeu, galera! Forte abraço!

(Controle de perda de Peso: 90 kg => 91 kg)

2 x 7

Olá, galera!

Estou em uma sequência de 6 semanas seguidas de competições, das quais 3 já foram cumpridas.
Após a etapa de Riviera do Circuito das Praias entrei em uma sequência de 3 provas de 7 km seguidas, das quais 2 eu participei nos últimos dois domingos.

7K Transbrasa – Tive que correr sem relógio na prova da Transbrasa deste ano, já que este quebrou na véspera da competição. O que parecia ser um desastre me trouxe uma nova perspectiva para as novas competições, pois sem a pressão do cronômetro eu corri melhor, mais leve e fiz o tempo que eu desejava (abaixo de 30 minutos). Tempo líquido de 29’44”.

 

Corrida da Independência – Já na prova de São Vicente eu estava com o relógio, porém comprometi-me a não olhar para ele até o final da prova, pois eu havia gostado da sensação de largar com a consciência de que a prova teria 7 km, e não 7 pedaços de 1 km. O resultado disso foi um tempo melhor ainda. Seguem as parciais:

 

Próxima parada: Circuito Riviera, que encerrará essa trilogia dos 7 km.
Volto com notícias. Orem por mim! Abraço a todos!!!

(Controle de perda de Peso: 92 kg => 90 kg)

Voltando de mais uma…

No último domingo participei da 4ª etapa do Circuito das Praias em Riviera de São Lourenço. Foi a volta de mais uma lesão na panturrilha. Fiquei 2 semanas sem treinar, depois passei 1 semana só no trote e treinos leves e tive 1 semana para treinar bem. Achei que pudesse voltar com tudo nessa corrida, pois não engordei muito (apenas 1 kg) e me senti muito bem nos últimos treinos. Mas não foi bem assim que aconteceu.

Tudo estava saindo exatamente como o programado, pois planejei largar bem logo no primeiro km, manter abaixo de 4′ 10” nos demais e dar uma acelerada no último km. Mas o sol e vento contrário muito fortes me exigiram um esforço para me deslocar que não estava nos meus planos. Resultado: quebrei na segunda metade da prova. Abaixo as parciais:

Bom, a título de resultado até que não foi tão ruim, pois o 5º lugar na Categoria M3539 me manteve ainda com chances de pódio no final do circuito.

Próxima parada: 7 k Transbrasa. Orem por mim! 😉

(Controle de perda de Peso: 91 kg => 92 kg)

De volta à Riviera…

Olá, galera ofegante!

No último domingo pude voltar a correr na Riviera. A prova foi válida pela 6ª etapa do Circuito de Corridas dos Amigos da Riviera. Fui muito bem na prova. Fiz o percurso de 5.755 metros em 24′ 09”, média de 4′ 11”. Terminei em 2º lugar na Categoria M3039 e 10º no Geral.

Tudo ótimo se não fosse o fato ocorrido já na segunda-feira, quando eu me lesionei em uma partida de futebol de confraternização com os amigos do meu departamento, na empresa onde trabalho. Um (aparentemente) pequeno estiramento na panturrilha esquerda. Com isso, creio que ficarei ao menos 2 semanas sem treinar.

Mesmo assim, espero poder voltar a tempo de estar bem condicionado para a prova do Circuito das Praias, também em Riviera.

É isso aí galera! até a próxima!

Orem por mim 😉

(Controle de perda de Peso: 92 kg => 91 kg)

 

Atualizando 2.0 – The road so far

Olá, galera ofegante!

Aproveitando que a empresa onde eu trabalho novamente abriu uma brecha na segurança digital e liberou os blogs, vou atualizar o meu… hehehe.

Depois das férias do final de 2016 achei que iria iniciar 2017 com tudo. Mas uma nova lesão me tirou de onda. Novamente a panturrilha esquerda deu sinal de vida. Depois dela veio o tendão da mesma perna, depois a condromalácia. Para completar o cenário, meu pedreiro largou a obra lá em casa, deixou a gente na mão e eu, com a cara e a coragem, tive que assumir a mão de obra da minha construção. Resultado, após 4 meses sem treinar voltei às rodagens apenas 3 vezes por semana com 16 kg a mais do que no final do ano passado, com gordos 97 kg. Um absurdo em relação aos 81 kg que já havia conquistado.

Voltei a competir em abril deste ano, mais para me motivar do que propriamente para disputar qualquer coisa. Abaixo, meus mais recentes resultados:

11/12/2016 6ª etapa Circuito das Praias (Bertioga) 5,2 km 20′ 52” 6º luga Categoria
2017
30/04/2017 1ª etapa Circuito Guarujá 4,6 km 20′ 41” 16º lugar Geral
13/05/2017 Guarujá Night Run Base Aérea 7 km 31′ 25” 8º lugar Categoria
21/05/2017 10 km Tribuna FM 10 km 48′ 11”
28/05/2017 Treino Solidário Educa 9,6 km 44′ 11”
10/06/2017 3ª etapa Circuito das Praias Bertioga by Night 5,1 km 21′ 54” 4º lugar Categoria
18/06/2017 Corrida Solidária Guarujá 3,85 km 16′ 40” 6º lugar Geral
02/07/2017 6 km Litoral Plaza Shopping 5,5 km 23′ 36” 9º lugar Categoria
16/07/2017 2ª etapa Circuito Guarujá 5,25 km 22′ 00” 10º lugar Geral

Mas não há de ser nada. Já perdi 6 kg e, apesar dos ainda 91 kg, já começo a me assanhar. Já estou rodando abaixo de 4’20” nas provas e começo a ver o pódio de perto em algumas delas.

No final do mês que vem (agosto) devo terminar a alvenaria da parte de cima da minha casa e entregar a um outro pedreiro para continuar a partir da cinta. Então terei mais tempo para me dedicar aos treinamentos do jeito que eu gosto. Com certeza fecharei bem este ano e ainda tenho esperanças de minha sala de troféus não passar em branco em 2017.

 

Bora treinar, galera! Orem por mim! Até mais 😉

 

(Controle de perda de Peso: 83 kg => 92 kg)

Atualizando…

Paz, galera ofegante! Meu notebook quebrou e, como no meu trabalho existem restrições de acessos, fiquei um tempo sem atualizar o blog, mas nunca sem correr… rs ;). Porém agora parece que trocaram a equipe de segurança da informação e alguém acabou liberando todos os acessos kkkkkkkkkkkk. Sendo assim, bora botar o papo em dia…
Bom, no meu último post eu estava ainda lutando contra uma lesão chata na panturrilha. Tava muito difícil. Mas algumas mudanças me fizeram vencer essa guerra. Para começar, fiz um esforço para conseguir chegar uns 20 minutos mais cedo do trabalho e juntei-me ao grupo que treina com o professor Paulo Vitor Cardoso, treinador da nossa equipe Superação Assessoria Esportiva Guarujá. Com isso passei a ter um treino direcionado e corretamente planejado. Também passei a usar meias de compressão, principalmente durante os treinos e isso, ao contrário do que eu imaginava, fez sim, muita diferença na prevenção às lesões, principalmente nas panturrilhas. Além disso, deixei o orgulho de lado e passeia a tomar um suplemento (algo que eu abominava), o BCAA. Este evita o catabolismo e, consequentemente, muitas lesões causadas por fadiga muscular.
Com essas alterações, consegui vencer essa lesão e hoje estou totalmente recuperado e voando nos treinos. Meu ritmo médio de rodagem caiu de 4’20” para 4’00” e eu estou cada vez mais confiante. Quanto às provas, foram elas:

09/10/2016 Corrida GRAACC 10 km 42′ 47” 93º Geral e 17º Categoria Pesado. 87 kg
23/10/2016 4ª etapa Campeonato Santista – SESC 10 km 41′ 55” 20º Categoria Melhorando. 86 kg
06/11/2016 Santos Run 5 km 18′ 25” 4º Categoria e 29º Geral Melhorando. 85 kg
13/11/2016 3ª etapa Circuito Guarujá 10 km 36′ 39” 9º Categoria Desempenho ruim. 83kg
20/11/2016 5ª etapa do santista 10 km 41′ 08” 17º Categoria Ótima prova! 83 kg
04/12/2016 Corrida Para Todos Cubatão 7 km 27′ 48” 5º lugar Categoria Prova ruim! 83 kg

Antes que isso cause um espanto geral, não essa prova do dia 13/11 no Guarujá não tinha os 10 km prometidos. Por isso esse tempo fantástico kkkkkkk.
Como vocês podem ver, os tempos estão caindo, mas derrotar esse número 83 que teima em habitar a minha balança está difícil :(. Mas eu vou conseguir, com certeza!
Domingo terei a minha última prova do ano, será a última etapa do Circuito das Praias, em Bertioga. Correrei os 5 km. Minha esperança é voar nessa corrida, fechar bem o ano e entrar de férias. Isso mesmo, terei 20 dias de folga para voltar bem descansado e fazer uma temporada de 2017 muito bem planejada e com grandes resultados. É isso que eu espero do próximo ano!

Torçam (e orem) por mim. Abraço a todos!!!

(Controle de perda de Peso: 87 kg => 83 kg)

Vencendo a lesão…

Fala aí, galera! Novidades: estou vencendo essa lesão chata. Depois de quase 2 meses sem poder treinar e competir direito por causa desse estiramento na panturrilha, finalmente estou podendo voltar. Ainda muito gordo e pesado, mas já voltei a poder me esforçar nos treinos.
Na última sexta-feira (07/10) eu participei do Educa Night Run. Uma prova organizada pela Educa, do Guarujá, para arrecadar fundos para a ação filantrópica do dia das crianças. Foi uma prova de 6,1 km onde apenas os 3 primeiros no geral subiriam ao pódio. E adivinha: pois é… isso mesmo… fiquei em 4º lugar com o tempo de 25’17”. Seguem as parciais:

Educa Night Run

já hoje, apenas 1 dia e meio depois, eu participei dos 10 km do GRAACC. Também uma ação filantrópica para arrecadar fundos para crianças com câncer. 10 km em pesados e cansados 42’47”. Competir 2 vezes em menos de 2 dias me deixou claramente fadigado. Seguem as parciais:

Bom, agora terei 2 semanas para treinar e, claro, emagrecer, pois preciso correr atrás do prejuízo de 5 kg que essa lesão me trouxe. Que venha a 4ª etapa do Campeonato Santista!

Bora! Pra cima deles!!!

Até a próxima!

Fotos Educa Night Run
Fotos GRAACC

(Controle de perda de Peso: 88 kg => 87 kg)

A luta continua…

A minha luta contra a lesão na panturrilha continua. Tentei voltar no último domingo, na 3ª etapa do Campeonato Santista, pois não estava mais sentindo nenhuma dor. Mas logo no km 2 a panturrilha abriu o bico e estirou novamente. Com muito esforço ainda consegui terminar a prova em 51′ 28”. #LAMENTAVEL

Outro problema sério é que eu, sem correr, fico sem ânimo de fazer dieta e, assim, continuo engordando. Já ganhei 5 kg em 1 mês de lesão.

Bom, agora terei mais 5 semanas para em recuperar. Vou ao médico nesse intervalo e descansarei mais para ver se me curo definitivamente.

Volto com notícias. Orem por mim!

Fotos

(Controle de perda de Peso: 86 kg => 88 kg)

A velha inimiga voltou!!!

É isso mesmo, pessoal, ela voltou: a lesão!
Depois de perder 20 kg e começar a voar nos treinos eu já estava até estranhando o fato de ainda não ter tido nenhuma lesão. E com 5 semanas disponíveis para treinar para a meia maratona do Guarujá, decidi dar uma forçadinha nos treinos. Estava tudo bem, até que na segunda semana, pahhh… a panturrilha abriu o bico no meio das séries de tiros de 400 metros. Vi todo meu planejamento ir por água a baixo. Fiquei arrasado.
Mas melhorei muito rapidamente na semana que antecedeu o Campeonato Santista. Até dei uma trotadinha de 7 km na rua na sexta-feira. Então decidi correr a prova em um ritmo bem mais leve só para pegar a medalha e não perder a vaga. Mas senti novamente a lesão no km 5 e vim praticamente andando o resto da prova, terminando na casa dos 52′.
Bom, agora estou 3 kg mais gordo (por enquanto). Preciso deixar essa panturrilha quieta por uns dias para me recuperar. Está sendo torturante, mas preciso fazer isso.

Volto com notícias. Orem por mim!!!

(Controle de perda de peso: 83 kg => 86 kg)

Fotos