Arquivos Mensais: julho 2010

10 milhas Circuito Athenas

Circuito Athenas

Fazendo pose para a foto

No último domingo participei das 10 milhas do Circuito Athenas. Quando me inscrevi tive total consciência de que eu deveria encarar essa prova apenas como um longão de 16 km, pois 10 milhas equivalem a 16.080 metros. E foi exatamente isso que eu fiz. Fui me controlando desde o início. Imaginava-me na Piaçaguera (Guarujá) fazendo mais um longão de fim de semana. Passei a primeira milha com 6′ 57” embalado pelo fato de estar largando junto com a elite. Mas o ritmo caiu logo. Estava em uma velocidade de mais ou menos 7′ 45” por milha. Passei as primeiras 5 milhas (metade da prova) com 38′ 12”. Isso previa uma prova em 1: 16′ 24”. Mas eu não estava afim de me esforçar muito. Essa prova era apenas uma preparação para o desafio do dia 15 de agosto. Por isso eu permiti que o ritmo caísse um pouco. Passei os 16 km com 1: 19′ 55”. Terminei as 10 milhas em 1: 20′ 20”. Média de 4′ 59”. Algo dentro do esperado. O objetivo era conhecer essa distância. Com excessão da Meia Maratona de Praia Grande, no ano passado (que foi um fiasco), eu nunca havia corrido uma prova maior do que 10 km. Foi bom para me preparar para a Meia desse ano (forra em Praia Grande) e a São Silvestre, que pretendo participar pela primeira vez.
Fiquei especialmente contente por ter conseguido índice técnico para a elite dessa prova. Bom… Elite B, mas tá bom. A organização da prova nos nomeou “TOP 300”. Legal, né?! Mas no final das contas largamos junto com a Elite A. Larguei ao lado dos Quenianos e do Chiquinho, que acabou sagrando-se campeão da prova.

O principal ponto negativo ficou por conta de um fantasma que cisma em continuar me assombrando: a inônia na noite que antecede a prova. Mas uma vez, eu simplesmente não consegui dormir. Corri a prova totalmente “virado”. Não sei mais o que fazer sobre isso. Já tentei de tudo. Isso me atrapalha significativamente nas provas. Meu rendimento pederia ser bem melhor se isso não acontecesse.
Parabéns à Iguana Sports pela excelente organização da prova. Fica apenas um alerta para que, na próxima, cedam alfinetes aos participantes para atarmos o número de peito. Isso evitaria que uma organização quase perfeita seja manchada por uma coisa tão banal.
Um abraço, galera! E Rumo aos 39′!!!

Anúncios

Desafio da Mata Atlântica 2010

Desafio da Mata Atlântica 2010

No último domingo participei do Desafio da Mata Atlântica. Encarei como um teste para sabe como eu estou. Não fui mal mas achei que poderia ter ido melhor.
Até o km 5 a subida é muito dura. Depois dá uma aliviadazinha de leve, rsrs.
Fiz 56′ 25”. 3 minutos abaixo do meu tempo do ano passado. Porém, muito acima daquilo que eu esperava fazer.
Mas tudo bem. O importante é que eu não senti nada do estiramento na panturrilha esquerda. Parece que já estou totalmente recuperado.
Essa prova marcou o encerramento do meu trabalho de base. Inicio agora (novamente) o trabalho específico com o mesmo objetivo:
RUMO AOS 39′!!!

Abraços